"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Respiro-te...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Escrito a quente...

Chama-lhe " escrito a quente ", quando deixa fluir na hora o que sente , sem parar para pensar.
Não estuda as palavras ou as pontuações , apenas deixa fluir. Por vezes a visão que tem das coisas, acaba por mudar, mas nem sempre isso acontece. Hoje gostaria que mudassem!...

Manhã de Domingo , acorda com o corpo dorido. Pela casa tudo é silêncio ainda. Prepara um café fraco depois de ter bebido um copo de água, e dirigi-se ao computador para ver as caixas do correio. Ao mesmo tempo, sente necessidade de desabafar. Para isso, nada melhor que a escrita .Esse ouvinte atento que nunca a interrompe, e que deixa que as palavras lhe escorram livremente da alma.

E como se de outra pessoa falasse, nessa manhã escreveu :


" Um dia destes disseram-lhe que era uma Guerreira. Ficou a pensar no assunto. Para ela os Guerreiros , brilhavam nos seus feitos , e sempre se destacavam. Ela caminhava sempre no silêncio dos dias. Certo era que a vida para ela sempre fora uma luta, começando mesmo no ventre materno, onde a escolha da vida fora feita entre ela e o seu irmão gémeo ...

Despertou envolta no medo, preferia continuar embalada no esquecimento , mas já eram horas. Não tardava a família acordaria, e as tarefas eram muitas.
Mexeu-se assustada... sim...como se não bastassem as dores do braço esquerdo...
Talvez fosse ao hospital. Ainda não contara a ninguém. Ninguém lá em casa sabia das dores do sovaco no braço direito.
Ela própria tentava ignorá-las...talvez os gânglios inflamados , voltassem ao normal. Desejava tanto que isso acontecesse...passados fazia hoje dez dias da ultima toma dos medicamentos tudo se repetia de novo... Embora desta vez de uma forma diferente. Sentiu uma vontade enorme de chorar. Não podia dar-se ao luxo de ficar mais doente, ou atrever-se sequer a partir , tinha a certeza que ainda precisavam dela por ali.....
Onde estava a Guerreira que lhe disseram que era?... O seu mundo estava ameaçado, e ela não sabia o que fazer.... "


Deixou escapar algumas lágrimas e partilhou na hora o que acabava de escrever , com quem entendeu que deveria partilhar naquele exacto momento.
Precisava fazer isso!...
Partilhar , ainda que a quente...

sábado, 20 de dezembro de 2008


Coroa do Advento by Steffi, beijinhos para ti e Carlos

Para todos os que aqui passarem eu desejo uma continuação de bom Advento
e
UM FELIZ
E
SANTO NATAL

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

" Saudade de uma Flor"


Mãe é a palavra maior
Que o mundo tem,
Foi o que me levou a escrever
Memórias da minha Mãe.


Teresa de Jesus da Silva



É o que se lê na contracapa deste livro, escrito pela minha mãe, e com o qual presenteou ontem os filhos e restantes familiares, no dia em que fez oitenta anos.



Entre a prosa ...

"... Naquele tempo era uma miséria; havia falta de alimentos e o dinheiro não resolvia nada. Isto passou-se na altura da Segunda Guerra Mundial. Eu estava horas nas filas. Quando chegava a minha vez já não havia nada. Quantos dias chorei a caminho de casa...
A nossa mãe compreendia, mas eu, triste, não levava os alimentos que eram necessários. Nalguns dias, ia feliz para casa; a filha do Senhor Custódio, dono do talho, fazia-me sinal para eu ir por outra porta do talho, para me entregar carne. Ela já sabia qual era ..."


...e a poesia...


Mãe,

Fazer anos é fácil,
Basta viver.


Ser mulher é lindo,
Basta saber.


Ser esposa é bom,
Basta amar.


Ser mãe é difícil,
Basta sofrer.

Teresa de Jesus da Silva



... num desabafo de alma , diria até que em alguns poemas num grito de dor, minha mãe pretende, assim deixar á família estas memórias , guardadas tantos anos dentro de si. Relatando a história da sua infância e juventude até aos quinze anos de idade, altura em que viu morrer a própria mãe com apenas 38 , deixando quatro filhos, o mais pequeno com apenas quatro anos.


A minha infância
Vou recordar
E de minha Mãe
Quero falar.

Seu lindo sorriso,
Meigo olhar,
Que um dia
Deixou de brilhar.

Suas mãos cheias de luz,
Que nos iluminou e acariciou.



Um livro comovente, onde não faltam as fotos dos familiares queridos, e dos locais onde a minha mãe viveu.

Com oitenta anos de idade, não faz muito tempo, que me dizia : " _ Gostava de fazer ainda tanta coisa...sinto-me presa num corpo velho.... "


....Gostava de fazer muita coisa que não fez, pois viveu sempre e exclusivamente para a família....



MÃE... ADORO_TE!!! Tenho muito orgulho em ti!!!

Parabéns!!!









Ser mulher é lindo,

Basta saber.

Teresa de Jesus da Silva


segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Parabéns pai!...

No dia do teu aniversário pai , não posso deixar de te dar os Parabéns...Pois continuas vivo na minha memória e no meu coração!...
Hoje ,fui comprar o pinheiro de Natal a pensar em ti ... Sabias tudo sobre as árvores pai!!! Sabias tanto, tanto !!! Elas e a família foram a tua vida, fomos tudo para ti!...
Depois pai, fui ver a mãe. Ao subir as escadas, lembrei-me da alegria , da festa que existia sempre no dia de hoje e da quantidade de gente que se juntava lá em casa.
E, foi ao subir as escadas , que com um largo sorriso, vindo do coração murmurei com alegria...
Parabéns pai!!!

sábado, 6 de dezembro de 2008

De volta , sem ter adormecido...

Sinto que tudo vai mudar!...
Porque, foram muitos os que estiveram comigo, quer nas palavras quer no silêncio...

OBRIGADA!!!



Vale a pena


Vale a pena viver,

Vale a pena sonhar,

Vale a pena sorrir,

Vale a pena cantar.

O ontem já se foi

E o futuro ainda virá,

Um brinde ao presente:

À vida! Ao verbo Amar!


N.Rogero

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Estarei de volta ao por do sol...


Vão adormecer-me por momentos , mas estarei de volta ao por do sol!!!

Para o Alfredo....



Para ti Alfredo http://www.alfredojesusrocha.com.ar/ , que me deixas-te tão emocionada com este teu mail, eu te deixo a Luz que todos os dias entardece nos meus olhos!...


Bem hajas Amigo!!! OBRIGADA!!!


"Si mi querida me pones mal que te sientas mal...sos mi chiquita pintora que siempre admire la belleza de tu ser..y de tus obras animo no decaigas querida..toma toda mi luz...tomala querida Maria..sientete bien..fuerza...tene fuerzas y fe.....pedire continuamente por ti....un beso mi querida Alfredo"

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

OBRIGADA!!!

Obrigada a todos os que me têm dado a mão.
Obrigada a todos os que me têm ajudado neste momento menos bom da vida , em que ainda não vi soluções para o meu problema da mama.
Obrigada a todos os que me deixaram comentários, enviaram mails e nrs.de tlm. Perdoem-me se nem sempre respondo, ou vos ligo...mas é que queria poder dizer..já sei o que se passa...já estou a fazer tratamento!...
Obrigada a todos os que me têm enviado boas energias!
Obrigada do CORAÇÃO!!!

Hoje vou levantar os exames pedidos de urgência em 13 de Outubro , de um problema que se arrasta desde Agosto. Exames que só foram efectuados a 10 de Novembro... Hoje piorei...e muito!!! ... Vou recorrer mais uma vez á urgência do Hospital...espero encontrar pela frente os médicos certos, e que uma LUZ os ilumine!...Pois eu já me sinto cansada desta luta...

Beijinhos de Paz e Luz , para todos os que aqui passarem.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Hoje....



Preciso que um Anjo me dê a mão e caminhe comigo...

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Respiro-te...


Olhas-me na antecipação do destino,
que damos ás noites
Pego a tua mão, que se estende,
em braços esvoaçantes
Sinto-te, perto, tão perto...
Mesmo aqui!..
Distância,
de um sorriso feito abraço!

Bate o coração descompassado
Galopa o olhar no horizonte ,
anseia deitar-se no teu peito...
Voam as carícias,
que nascem suavemente,
na ponta dos teus dedos,
como os frutos amadurecidos,
em silêncio.
Toco o intocável...
Os meus lábios ancoram nos teus!

Sei agora,
que não consigo suportar,
mais um dia da tua ausência...
Morreria por asfixia!...




@Margusta
05/11/2008



Foto por do sol de 05/11/2008

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

A-Mares


Quando amanhece
na porta do peito,
pela janela da alma,
brota uma Luz,
que a todos seduz…
São dias perfeitos,
de azuis liquefeitos
que pintam os mares!

Mares de enamorados,
onde amores plantados,
em searas ondulantes,
estremecem,
ao mais leve sopro,
dos amantes...
Horizontes de água iluminados...

Ao entardecer,
num puro acontecer,
o desejo planetário,
incandescente, incendiário,
em louco desatino,
cai em abismos ,
de abraços molhados...
Sonhos realizados!

Escutam-se orquestras nas ondas...
Sinfonias, de
suaves melodias,
refrões do mar!
Salpicos de sal,
Notas a vibrar
Pautas suplicantes,
Marés a rebentar
Amar!...

Na espuma reluzem,
conchas verde-algas
Luz extasiante,
na janela das almas...

São intensos amores,
são secretos Amares,
que se vão consumando
no seio dos Mares!...

@ Margusta
31/10/2008

Poema por mim apresentado nas "Noites de Poesia em Vermoim" no passado Sábado dia 1 de Novembro, cujo tema era Mares.
O meu Muito Obrigada á querida Poetisa Maria Mamede, por ter dado voz ao meu poema.
Para quem quiser participar, ou ler as reportagens sobre os eventos clicar neste link http://movimentum-blogando.blogspot.com/

sábado, 1 de novembro de 2008


"...Falamos de sonhos. Dos sonhos que estão acorrentados no casco de um velho barco, o " Ilusão". Sabemos que um dia tudo se irá esvair e, o " Ilusão" naufragar..."

In "Contos do A-Mar"
Outubro de 2007

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

DIA NACIONAL DA PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA



Não deixem de ver este vídeo...bom ..eu chorei ao vê-lo...

segunda-feira, 27 de outubro de 2008


Sob esta infinita abóbada celestial
No azul perfeito, pressinto o teu olhar
Aquele , que, com o amor me despe
Quando é chegada a hora de te amar

O verde dos teus olhos, meu doce amor
Nos ramos dos pinheiros está gravado
Libidez de corpos entrelaçados, sem pudor
Quando se entregam, em desejo compassado

A natureza alberga a tua imensidão
Nela respiro o teu perfume. A minha vida!...
Nesse teu cheiro de aromas celestiais

Alimentando-me a alma e o coração
Fazendo-me sentir a Musa mais querida
Deusa Rainha, habitando entre mortais...

@Margusta
Pinhal da Lagoa de Albufeira
14/09/2008

In " Poemas de amor"




sábado, 25 de outubro de 2008

Voar em Azul...



















E, as gaivotas estão quase de partida...
Fica o registo de centenas de fotos, e os sonhos partilhados... Deixo que as suas asas os transportem...
(Para ver melhor, clicar em cima das imagens)

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Amor, é Primavera!...




Dizem que já é Outono meu amor,
mas, eu e tu , sabemos que não,
quando nos amamos, com o mesmo ardor,
do sol quente, em dias de Verão.

Sabemos, que o Inverno, nunca irá chegar,
mesmo que o tempo, nos diga que é assim,
pois, é no nosso jeito de amar,
que o próprio tempo, se perde, sim!..

E, o brilho das estrelas, do sol e da lua,
espelham a paixão... Ah, e os ardentes beijos,
sufocados pelos dias, da longa espera...

E, se, perguntar-mos ás pedras da própria rua,
nas horas habitadas por todos os desejos,
dizem-nos amor, que não é Outono, que é Primavera!...

@Margusta
In " Poemas de Amor"
09/09/2008

sábado, 18 de outubro de 2008

PELOS TRILHOS DO BETÃO e outros contos

Pelos Trilhos do Betão e outros contos são narrativas curtas, recheadas de acção e capazes de prender o leitor ao livro, de início até ao final. O estilo fluente, directo e frontal do autor incute a todos os contos uma carga de fina ironia, mesclada com o realismo frio, por vezes, gélido e cruel da nova urbanidade. António Castilho Dias é, enfim, um mensageiro fiel dos tempos que correm e a sua escrita um testemunho rico e imperdível da modernidade.

in "Pelos Trilhos do Betão"
artEscrita Editora Ldª

É com alegria, que aqui anuncio nos meus " Momentos Sentidos" a apresentação deste livro da autoria do meu amigo António Castilho Dias http://eusoulouco2.blogs.sapo.pt/ .
A mesma realiza-se hoje pelas 21,30 , na Junta de Freguesia de Vermoim - Maia .

Para ti António eu desejo muito SUCESSO!!!

Um beijinho grande da " Deusa do Mar", nome que sempre me chamas-te com carinho e respeito.

Espero que este seja o primeiro, de muitos outros livros teus!

terça-feira, 14 de outubro de 2008

ART IRELAND DUBLIN 2008-Grupo Artexpresion

Motivo para sorrir... e continuar ...

A convite da
GalerIa ARTEXPRESION http://www.artexpresion.com/

Estou inscrita na "Exposición de Artistas Latinos 2008", na ART IRELAND DUBLIN 2008

Aqui na lista L http://www.artexpresion.com/artistas_latinos/2008_E-L.htm a minha inscrição .

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Madrugada Sem Fronteiras - Albino Santos

Amanhã, dia 11 de Outubro, (sábado) pelas 17,15 horas, no Auditório da LIPOR, Baguim do Monte/Rio Tinto, irá realizar-se a sessão de lançamento do livro "MADRUGADA SEM FRONTEIRAS" do Poeta Albino Santos pela Edium Editores.
Aqui ( Blog de Albino Santos) http://as-poliedro.blogspot.com/ ver o convite e programa do evento.



Albino Santos, a quem considero um dos maiores Poetas da actualidade, fez renascer em mim o gosto pela Poesia.
Num estilo muito próprio, Albino Santos dá cor ás palavras, de uma forma que só ele sabe fazer. Pintando os mais belos poemas, numa fascinante tela de Sonhos , onde, o aqui, e o agora, deixam de existir, porque nos é sempre permitido sonhar...

Para ti Amigo Poeta os maiores SUCESSOS!!!





AGUARDA-ME

Tenho a alma vazia de ti
neste hálito que ainda te respira.
Aguarda-me!
Voltarei em forma de sonho,
como poesia oculta num beijo que parte,
derradeiro.
Brotarei das constelações e dos céus
na discreta eloquência do silêncio.
Nos olhos já cansados, verás um sinal de fogo
para que me distingas na noite por entre os pirilampos.
Aguarda-me!
Quero voltar a sonhar nos teus braços…

Albino Santos
in " Madrugada Sem Fronteiras"
Edium Editores

quarta-feira, 8 de outubro de 2008




(...)
Chegaram as gaivotas amor, em finais de Setembro.
Com os seus voos livres, enfeitam docemente os céus. Vão ficar por aqui , até meados de Novembro...depois partem...como que pressentindo os tristes dias de Inverno.
E, eu amor, fico colada na praia a vê-las partir. Em cada Outono que chega , cresce mais em mim essa vontade enorme de partir com elas... deixar-me ir em serenos voos azuis ao teu encontro... (...)

@ Margusta
in contos do (A)Mar

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Promessas Outonais


No ciclo do tempo, chega sempre um novo tempo.

Este é o tempo de cumprir as promessas outonais.

Voam folhas, como asas de pássaro em movimento

até repousarem inertes no restolho dos trigais.


Troncos desnudos, mostram segredos e recantos,

em sensuais abraços apertados em lírica loucura,

encerrando mistérios de sorrisos e de prantos,

com a alma exposta na paisagem com ternura.


No horizonte do olhar, despidas mas sempre belas,

há aguarelas perfeitas pintadas de sonho e poesia

que surgiram plenas, naturais, sem terem dono!


A beleza está sempre nas coisas mais singelas,

como o sol poente que adormece ao fim do dia,

na luz despida mas sempre bela, porque é Outono!


@Margusta

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Até Sempre Poeta!!!


A UMA MULHER DO MEU PAÍS


Abre as asas, tu que não desistes
de encontrar as asas nos teus braços
e com eles descobrires novos espaços.

Abre as asas, tu que não desistes
de rasgar, no tempo, o calendário
que preenche, em cada dia, o teu diário.

Abre as asas, tu que não desistes
de mostrar que és viva, e continuas
percorrendo, serena, as mesmas ruas.

Abre as asas, tu que não desistes
de mudar a face da cidade
em ímpetos de arrojo e de vontade.

Abre as asas, tu que não desistes
de enfrentar o sol que te encandeia
e quebra a tua última cadeia.

Abre as asas, amor, e segue em frente,
voa sempre, voa sempre, sem cansaço,
e ensina a voar toda esta gente
que continua especada olhando o espaço.

FERNANDO PEIXOTO



Dr. Fernando Peixoto o Grande Poeta que sempre li em silêncio , escreve agora poemas no Céu...

POETA vamos ficar especados olhando o espaço, em busca de TI!!!

Até sempre !!!

O seu último poema aqui http://chavedapoesia.blogspot.com/2008/10/hoje-o-chave-da-poesia-faz-uma.html
Arca de Ternura http://arcadeternura.blogspot.com/
Todo o Mundo é um Palco
http://todomundoeumpalco.blogspot.com/2008/10/para-si-amigo.html

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Burocracia, ou o País do deixa andar....

Depois de algumas tentativas, e não obtendo uma resposta concreta não tive outra alternativa senão publicar um post tão " Sujo" no meu blog. Facto de que não me orgulho!!!

E mais uma vez vi, turistas a comentar e a tirar fotos!...Uma vergonha para o nosso País!!!

Mais esta semana andava um rato no meu jardim...será que veio de lá?... Cabe-me o benefício da dúvida!

Espero continuar a publicar só fotos lindas desta cidade...a cidade dos meus " Momentos Sentidos".

A quem de direito...analise e julgue!!!

Já que eu sou uma "pequenina cidadã" que não sou escutada... E a meter-me onde não sou chamada....

Pois a Divisão de Salubridade, nunca se dignou a dar-me uma resposta... Quem sabe talvez já tenha dado andamento ao caso, afinal de contas o meu primeiro telefonema foi em Junho... Só que o lixo continua lá!

Para quem quiser ler aqui estão os mails que enviei , e respectivas respostas.



de maria augusta loureiro
para almadainforma@cma.m/almada.pt

data 29 de agosto de 2008 10:44
assunto Saúde publica - Lixeira no centro da Costa da Caparica
enviado por gmail.com



Ex-mos Senhores

Moro na rua( por motivos da minha privacidade aqui no blog oculto a minha área de residência) , nesta rua encontra-se uma Vivenda abandonada faz alguns anos.
Desde do passado mês de Junho, os moradores dos prédios ao lado da vivenda que não têm caixote para o lixo, depositando todo o lixo doméstico, no recinto da respectiva vivenda.

Devido ao mau cheiro e ao perigo que pode representar para a saúde publica , já por duas vezes que contactei os Vossos serviços. A primeira no inicio de Junho, e a segunda no principio de Agosto. Da primeira vez foi-me dito apenas que iam enviar um inspector ao local, o que nunca se chegou a verificar. Da segunda vez disseram-me que tinha que formalizar a queixa, pois não enviariam nenhum inspector ao local e que da primeira vez fui mal informada. Questionei porque teria de ser eu a formalizar a queixa, visto ser um local onde passam imensas pessoas, no coração da cidade, que se tem por uma cidade turística sendo uma vergonha para o Município. Onde está a protecção civil?.. Porque entidades é composta?...Será que todos passam e fecham os olhos!!!...Sendo a referida rua ainda por cima também situada a poucos metros das instalações da Junta de Freguesia. Pergunto ainda se os funcionários que fazem a recolha do lixo também não poderiam ou terão a obrigação de informar as chefias do que se está a passar?...

Sei que outras queixas já foram apresentadas na Câmara Municipal e até ao momento nada foi feito!!!...

Uma vizinha minha foi falar com uma funcionaria da Junta de Freguesia e segundo a mesma foi-lhe dito que quem apresentar a queixa tem de pagar a remoção do lixo. Quero pensar que a minha vizinha se enganou no que me disse ou ouviu mal!..Só pode!!!

Neste momento já são imensas as moscas no local e já invadem o meu quintal, não tarda aparecem os ratos e ratazanas....

Vou enviar três fotos que tirei faz quinze dias, se nada for feito enviarei estas para os jornais e televisões.

Sem outro assunto,
Melhores Cumprimentos

M. Augusta



Almada Informa - DIRP - C.M.Almada
paramaria augusta loureiro

data29 de agosto de 2008 11:21
assuntoRE: Saúde publica - Lixeira no centro da Costa da Caparica
enviado porcma.m-almada.pt

ocultar detalhes 29 ago



Exma. Senhora

Informo que o seu e-mail foi reencaminhado para a Divisão de Salubridade.
Cumprimentos,

A Divisão de Informação e Relações Públicas



deMaria Adelaíde Lima - DSEVT - DMOVU - C.M.Almada
para"Norberto Gomes - DFM - C.M.Almada" ,
"Almada Informa - DIRP - C.M.Almada"

ccmariaaugusta.loureiro@gmail.com

data29 de agosto de 2008 12:14
assuntoRE: Saúde publica - Lixeira no centro da Costa da Caparica
enviado porcma.m-almada.pt

ocultar detalhes 29 ago Responder


Junto se remete o presente e-mail s/ o assunto em epígrafe, dado tratar-se de assunto da competência desses serviços por se tratar de propriedade privada, a fim de darem seguimento ao mesmo.

Mais informo que nesta data dei conhecimento ao requerente que o mesmo foi enviado p/ o para a Divisão de Fiscalização pelo que poderá contactar aqueles serviços através do telefone212736050, fax 212736054 ou e-mail Div.fiscalizaçao@CMA.m-Almada.pt


Com os melhores cumprimentos


Adelaide Lima
Chefe de Secção
Departamento de Salubridade Espaços Verdes e Transportes
Departamento de Trânsito Rede Viária e Manutenção

Câmara Municipal de Almada
Rua de Vale Figueira 30
2815-850 Sobreda de Caparica
telf. 21 254 97 00
Ext 19702
Fax. 21 254 97 98
E-mail: alima@cma.m-almada.pt


maria augusta loureiro
parangomes@cma.m-almada.pt,
almadainforma@cma.m-almada.pt

data24 de setembro de 2008 07:45
assuntoFwd: Saúde publica - Lixeira no centro da Costa da Caparica
enviado porgmail.com

ocultar detalhes 24 set (5 dias atrás)


Ex-mos Senhores

Decorrido que é quase um mês sobre o meu mail, e visto a situação se manter na mesma, pretendia que por favor me informassem se alguma coisa já foi feita neste sentido.

Pergunto, quantos meses são preciso mais para retirar aquele lixo á vista de todos?

Preciso fazer disso noticia?..Primeiro nos meu blog...e depois nos meios de comunicação?...

Fico a aguardar uma resposta
Melhores cumprimentos

M.Augusta



deAlmada Informa - DIRP - C.M.Almada
paramaria augusta loureiro

data24 de setembro de 2008 09:48
assuntoRE: Saúde publica - Lixeira no centro da Costa da Caparica
enviado porcma.m-almada.pt

ocultar detalhes 24 set (5 dias atrás)

Exma. Senhora

Informo que o seu e-mail foi reencaminhado para a Divisão de Fiscalização Municipal.
Cumprimentos,

A Divisão de Informação e Relações Públicas




















Do outro lado da rua...o que resta de uma vivenda. Por este local passam muitas pessoas todos os dias, e estão várias viaturas estacionadas.


Principalmente em dias de Inverno evito passar por aqui...é que um dia "a casa vem mesmo abaixo"...
Depois digam que acontecem fatalidades!...Desmoronamentos, pessoas soterradas...
Não seria melhor antes da casa roubada, colocar trancas à porta? ...


sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Fotos da Exposição de Pintura no Hospital Garcia da Orta - Almada

" Libertação dos sentidos"

Assim se chama a minha exposição de pintura a decorrer no Hospital Garcia da Orta em Almada , de 26 de Setembro a 24 de Outubro.
A mesma realiza-se no Hall da Administração do Hospital , e pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre as 9h e as 19h.

Podem visitar também as exposições de outros pintores no Hall Principal.



































A boa disposição de Patrícia, a minha amiga destas andanças ;) que me ajuda nas montagens.
Beijinhos Amiga!...


Tentando seguir o vôo das borboletas....
Preciso de vôos de esperança!!!
Beijinhos para todos os que passarem por aqui!...