"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Encontro do Concurso de Poesia , do " Ora, vejamos..."







Ora, vejamos...
Concurso de Poesia
@ Lulu.com
Contacto




Sábado dia 23 de Agosto, um dia cheio de emoções fortes!...
Confesso, que, com um certo nervosismo mas entusiasmada, lá parti rumo a Leiria.
Partia ao encontro de gente que só conhecia de nome ou de foto, excepto a Ester Afonso que já conheço pessoalmente vai para dois anos , das minhas exposições de pintura...Ah e o Henrique Sousa que conhecia das apresentações dos livros na youtube , quando o cumprimentei tive a sensação, de que já o conhecia fazia muito tempo!...
E o nervosismo inicial logo se dissipou, quando a querida Ashera me recebeu com uma simpatia fora do comum... Obrigada querida Ashera por toda a tua simpatia e essa arte de tão bem receber!...Senti-me em casa!!!... A capa do livro da tua autoria está Linda!!!... Parabéns!!!
O encontro decorreu num ambiente muito agradável e familiar. Perdoem-me não mencionar o nome de todos os presentes, participantes no Concurso . A idade dos participantes variava entre os 12 anos de idade Catarina Norte( já com um livro seu editado, e com menção honrosa neste concurso) e Maria Teodora, uma senhora de 83 anos de idade... Linda..eu diria que o rosto desta Senhora é um autêntico Poema!. Com Maria Teodora estavam a Maria Carvalhosa, de uma simpatia sem limites, e sua mãe Noémia Carvalhosa igualmente muito simpática!...Três gerações..três amantes da Poesia!...

Da Poetisa Maria Teodora, gostava de aqui deixar um soneto, lido pela sua sobrinha Maria Carvalhosa com muita emoção no decorrer deste encontro.
Ah, e como é belo de ver como alguém com esta doce idade, ainda consegue sentir assim o amor ...



Saber Amar

Ah! Como é bom saber amar alguém,
ter dentro de si aquele amor ardente,
amar com todo ardor que a alma consente
sem temer ser loucura, mal... ou bem.

Mas há quem se iluda, quem diga que ama...
frouxa luz de candeia que se apaga,
simples amor que esvoaça, que divaga,
deixa morrer no coração a chama.

Amor é tudo o que se dá feito ternura,
é ficar preso d'alguém sem amargura,
sem se sentir como ave em cativeiro.

É o encontro de paixões iguais... sentidas;
depois, duas almas numa só unidas,
duas vidas que se entregam por inteiro.

Maria Teodora (2006)


Todo o encontro decorreu com muito entusiasmo e alegria.
Recebi com emoção duas menções honrosas atribuídas aos meus poemas " Entrei num poema" e " Dias..."
Estiveram presentes o Alberto Pereira, o 1ºPremiado e bem merecido. Para ele os meus Parabéns , e um dos membros do Júri , o Poeta e Professor Firmino Mendes.
Tive pena de não ter conhecido os outros membros do Júri Heloísa B. P. , Otília Martel e Ana Valentina . Para eles o meu Abraço!.. Quem sabe um dia nos possamos encontrar noutro evento destes...

Obrigada a todos!

Obrigada Henrique pela oportunidade e incentivo que cria a quem tem amor pelas letras...

Bem Haja!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Para a minha tia Rosa



















Tia algumas das cores LINDAS do teu jardim.
Sinto-lhes o perfume....

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Exposição de Pintura

Labirinto Humano ( Acrilico S/Tela 40X40)

" Por minhas mãos..."
É o nome que dei à minha próxima exposição. A mesma estará patente de 10 a 31 de Agosto no Hospital Rainha Santa Isabel _ Torres Novas.
Ver aqui http://www.dgies.min-saude.pt/recursos/empreendimentos/hospital_torres.pdf
e aqui http://www.directorio.iol.pt/hospital-rainha-santa-isabel-torres-novas--193097.htm
localização e informação sobre esta Unidade Hospitalar.

Exposição anunciada na Artelista
http://www.artelista.com/autor/6362272375736729-loureiro.html

e no meu blog das Pinturas
http://galeriadecores.blogspot.com/


No Jornal Torrejano em 08/08/2008
http://www.jornaltorrejano.pt/edicao/
http://www.jornaltorrejano.pt/edicao/noticia/?id=528&ed=631

E no Jornal Almonda

http://ucatn.blogspot.com/2008/08/liga-dos-amigos-do-hospital-de-torres.html

Fotos da Exposição, composta por 22 obras.