"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

" Saudade de uma Flor"


Mãe é a palavra maior
Que o mundo tem,
Foi o que me levou a escrever
Memórias da minha Mãe.


Teresa de Jesus da Silva



É o que se lê na contracapa deste livro, escrito pela minha mãe, e com o qual presenteou ontem os filhos e restantes familiares, no dia em que fez oitenta anos.



Entre a prosa ...

"... Naquele tempo era uma miséria; havia falta de alimentos e o dinheiro não resolvia nada. Isto passou-se na altura da Segunda Guerra Mundial. Eu estava horas nas filas. Quando chegava a minha vez já não havia nada. Quantos dias chorei a caminho de casa...
A nossa mãe compreendia, mas eu, triste, não levava os alimentos que eram necessários. Nalguns dias, ia feliz para casa; a filha do Senhor Custódio, dono do talho, fazia-me sinal para eu ir por outra porta do talho, para me entregar carne. Ela já sabia qual era ..."


...e a poesia...


Mãe,

Fazer anos é fácil,
Basta viver.


Ser mulher é lindo,
Basta saber.


Ser esposa é bom,
Basta amar.


Ser mãe é difícil,
Basta sofrer.

Teresa de Jesus da Silva



... num desabafo de alma , diria até que em alguns poemas num grito de dor, minha mãe pretende, assim deixar á família estas memórias , guardadas tantos anos dentro de si. Relatando a história da sua infância e juventude até aos quinze anos de idade, altura em que viu morrer a própria mãe com apenas 38 , deixando quatro filhos, o mais pequeno com apenas quatro anos.


A minha infância
Vou recordar
E de minha Mãe
Quero falar.

Seu lindo sorriso,
Meigo olhar,
Que um dia
Deixou de brilhar.

Suas mãos cheias de luz,
Que nos iluminou e acariciou.



Um livro comovente, onde não faltam as fotos dos familiares queridos, e dos locais onde a minha mãe viveu.

Com oitenta anos de idade, não faz muito tempo, que me dizia : " _ Gostava de fazer ainda tanta coisa...sinto-me presa num corpo velho.... "


....Gostava de fazer muita coisa que não fez, pois viveu sempre e exclusivamente para a família....



MÃE... ADORO_TE!!! Tenho muito orgulho em ti!!!

Parabéns!!!









Ser mulher é lindo,

Basta saber.

Teresa de Jesus da Silva


6 comentários:

Maria disse...

Deixaste-me sem palavras...
Ternura, ternura, amor e amor, neste post.

Deixo-te um abraço muito apertado
e um beijo, Margusta

Maria disse...

E parabéns e um abraço à tua mãe...
gesto lindo que ela teve...

e outro beijo

rosa dourada/ondina azul disse...

Parabéns
por este momento de ternura!

Beijinho p ti
e também para a tua Mãe
que teve essa coragem de escrever...

Vanda disse...

Passei para desejar um feliz natal!

Menina do Rio disse...

Quanto amor! Um beijo em ti e na tua mãe, querida.
Porque esse é o maior amor do mundo!

Anônimo disse...

Parabéns a ti Margusta!

Parabéns a ti Mae!

De Marizéza