"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008


Dias...


Bato as asas,
ao de leve tocam-me os dias;

Sóis anunciados na tela do tempo
Tributos de luz em domínio de sombras,
rasgando os véus das coisas feitas

Antecipação das noites,
anunciando luas frias
Flores por nascer
de aromas desconhecidos
Frutos amadurecidos

Trilhos sinuosos , corredor da vida
Rios de memórias, desenhos trajectórias
de gestos passados
Sonhos, fantasias
Revoltas, alegrias
Dores , encantamento...
Estilhaços!...
Movimento!
Azul e branco
Silêncio...

Cinza pranto
Esquecimento!
Lágrimas e sorrisos
a pairar no
firmamento...

Adivinho o mundo
Cruzo o interminável
Bato as asas... e ao de leve,
toco os dias...


Margusta
2008-02-01




Poema com que participei no passado dia 2 de Fevereiro nas noites de poesia em Vermoim . O tema proposto era " Dias"
Mais uma vez o meu Muito Obrigada à grande poeta Maria Mamede por ter dado a voz ao meu poema.

Deixo-Vos MOONLIGHT SONATA (Beethoven), p.favor desligar o video acima para escutar...Lindoooooooooooooooo!!!

Imagens retiradas da net.

18 comentários:

C Valente disse...

Saudações amigas e bom feriado

Papoila disse...

E eu adorei o teu poema .. em vez de asas bato palmas.

Beijinhos
BF

Maria disse...

..."Bato as asas... e ao de leve,
toco os dias..."
Excelente poema. Sortudos são os habitantes de Vermoim que, de vez em quando, lá têm a sua noite de poesia...

a Sonata do Ludwig van é linda...

Obrigada.
Beijinhos

Kalinka disse...

Os Amigos/as têm-se lembrado de mim e tenho recebido alguns «miminhos»;
depois compete-me partilhar com alguns e desta vez, calhou ao teu «Momentos Sentidos II» um miminho.
Passa pelo kalinka, ele espera por ti.
"Esta é uma forma de demonstrar o quanto gosto e admiro vocês" Todos que me visitam e deixam palavras calorosas, de incentivo e algum ânimo quando ando mais em baixo.

Mais um poema lindo. Parabéns!
Abraços.

Pepe Luigi disse...

As minhas sinceras felicitações para este poema tão bonito.

Um beijinho
do Pepe

C Valente disse...

Por vezes nos dá vontade de nada fazer, creio que é normal, comigo tambem por vezes acontece, o importante é estar tudo bem consigo
Saudações amigas e bom fim de semana

Menina do Rio disse...

Querida amiga,
também eu tenho tido menso tempo pra vós visitar mas não esqueço os amigos não. Sempre que der vou estar por aqui.
Obrigada pelo teu carinho e tem um final de semana muito feliz

António disse...

Minha querida amiga!
Andas preguiçosa?
Também eu...ah ah ah

Beijinhos

RX disse...

Olá Amiga

Passa pelo meu cantinho tenho uma prenda para ti...

Beijos

ps: Mesmo com atraso...as bolachinhas ainda estavam óptimas... o café...claro... tive que aquecer...mas estava gostoso

C Valente disse...

passei para cumprimentar e desejar o resto de bom domingo
Saudações amigas

Isabel-F. disse...

simplesmente maravilhoso o teu poema.

adorei.

parabéns e beijinhos

eremita disse...

Amiga, li e deliciei-me mas trago comigo uma inquietação que me deixou sua escrita por lá.
Uma mulher jovem bela e vê-se k o é tanto por fora como por dentro, dotada, inteligente....
tenho que lhe dizer: pergunte a si própria o que a está a tornar infeliz, distante ou indiferente....a si, à vida.
Por favor faça isso, com serenidade e não desista até encontrar a resposta.
Depois esse mal-estar esboroar-se-, tal castelo de areia na babugem da 1ª e mansa espuma da marinha onda.
Fraterno abraço

C Valente disse...

boa noite
Saudações amigas

amigona avó e a neta princesa disse...

Hoje é dia de aniversário! Aceitas uma fatia de bolo?! Beijinhos grandes, minha querida ...

Carlos Barros disse...

São sons que fogem de nós...para o papel..
beijo

margusta disse...

Carlos Barros...

Vizinho que bom ter-te por aqui!!!
Faz tanto tempo que não aparecias :)

Bijinhos!

margusta disse...

Bejinhos para todos Vós...MUITOS!!!

Obrigada pela Vossa presença!

margusta disse...

Amigo Eremita...

OBRIGADA!!!

ABRAÇO ENORME!!!... DO CORAÇÃO!!!