"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Libertação dos Sentidos

Óleo s/tela 100x60

Libertação dos Sentidos

Secretamente vai ardendo em mim
Uma doce libertação dos sentidos
Desejos mil e sensações sem fim
Ecos de chamas, templos perdidos

Fugaz ou eterna, no corpo se dilui
Nos rumos vencidos do sangue abstracto
Este sonho escrito que nas veias me flui
Como fogo nómada, na lucidez do tacto

Despertam as cores... sons e vertigens
E dessa sede funda, de te, ter por perto
Nasce um sol rubro, que nunca se nega

Do corpo em chagas nas areias virgens
Voam aves livres de horizonte incerto
E o tempo adormece depois da entrega!

@Margusta
2008/02/21

8 comentários:

Isabel-F. disse...

está lindissimo o teu poema ...


parabéns.


beijinhos e bom fim de semana

eremita disse...

poema e quadro em harmonia. Fico feliz por a minha amiga ter regressado aos seus post's. Não tem por que o não fazer.
Fica um vazio.
Falta-nos o brilho de sua inspiração gráfica em vários exercícios que,como flores, semeia nos vários blogs.
Bom fim-de-semana.
Fraterno abraço

Adryka disse...

Olá amiga, és uma poeta de mao cheia ler-te delicia-me. Beijinhos para ti

Pepe Luigi disse...

Minha Bela Margusta,

Caminhar no seu blogue é de uma beleza ímpar ao som de um fundo musical escolhido a preceito.
Que sensação maravilhosa ao ter-se oportunidade de ler e podermos fazer uso do recurso à introspecção sobre a intensidade e ao mesmo tempo leveza deste seu excelso poema.

Boa amiga, desejo um terno beijinho para si.
Pepe

margusta disse...

O meu Muito Obrigada Isabel!...Beijinho grande para ti!!!

margusta disse...

Adryka , minha Amiga,
...quantas saudades...já não passavas por aqui faz séculos :)))

Obrigada amiga!!!

Beijinho enorme, fiquei muito feliz em te ter por cá! :)))

margusta disse...

Amigo Eremita,
...Obrigada pelas suas palavras!!!...
O amigo tem um coração e uma alma enorme...SENTE_SE isso!!!

Obrigada do coração!

Um abraço sentido para si!

margusta disse...

Amigo Pepe,
...SEMPRE tão gentil e doce para comigo...deixa-me sem palavras!!!

Obrigada do coração!

Beijinhos para si!