"Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou! "

Florbela Espanca

terça-feira, 13 de maio de 2008

Regresso

Óleo S /Tela 60x100 ( Nos olhos da solidão)

Tenho andado ausente deste meu espaço, por vários motivos. Entre eles o facto do meu Pc ter estado avariado, e só ontem o ter tido novamente de volta. Com ele, também o meu regresso a este espaço, que é o Vosso espaço , e onde sinto a maior das alegrias em Vos receber. Vou regressar mas com passos muito lentos. Condicionada pela falta de tempo , e pelo desgaste físico e psicológico que sinto neste momento. Os últimos dois a três anos, que foram bastante desgastantes para mim, começam a surtir os seus efeitos. Talvez conseguisse superar as coisas melhor , se este ciclo já tivesse sido encerrado. Mas, a verdade é que continuo a conviver com a doença no meu dia a dia, tendo a Laura ao meu encargo com a doença de Alzheimer. Penso que conseguia lidar melhor com sondas , oxigénio, fraldas....e outras coisas...do que com a situação de desgaste que esta doença deixa naqueles que com ela convivem de perto. Já pedi ajuda, para me ensinarem como hei-de reagir em certas situações, sem que isso me provoque tanto desgaste, mas continuo à espera...

Obrigada a todos os que me têm deixado palavras amigas, obrigada também aos que têm passado em silêncio.
A todos um abraço sentido!


Vou deixar-Vos com um poema. O tema foi o proposto na noite de Poesia em Vermoim no passado dia 4 de Maio.
Não enviei a tempo pela falta do PC.


Pensamentos

Neste meu pensar tão intenso
Tantos pensamentos eu criei
Por egoísmo, ou falta de senso
Em minhas mãos os aprisionei

Esquecidos nas minhas mãos
Em meus dedos entrelaçados
Lamentaram-se, e com razão
Queriam asas, ser seres alados

Desde então, já não os silencio
E, nas mãos já não os aprisiono
Ainda que por breves momentos

Sei bem que na mente os crio
Sei bem que não querem dono
Sei que são livres os pensamentos


@Margusta

12 comentários:

Maria disse...

Bonito soneto, mas não é de admirar vindo de ti...
Imagino como estás. Sei que não é fácil conviver com pessoas com a doença que tem a Laura. É um desgaste permanente que infelizmente faz parte da vida...

Abraço-te, Margusta

Angel of Light disse...

Querida, pensei em ti ontem com uma força enorme... e hoje vim aqui dar-te um beijinho e... afinal ontem marcou o teu regresso! Nada acontece por acaso... Fico feliz. Sabes, este teu canto serve para te "alimentar" as forças que tens de ter por estares a carregar esse fardo. Tinha de ser assim. Desculpa dizer-te isto. Não sei se és espiritual, mas creio que sim e, por isso, tudo o que te acontece, já tu tinhas planeado antes de encarnar. Por muito que possa custar às vezes, vê tudo com muito Amor, recebe tudo com muito Amor. Estás a ultrapassar um karma, tenho a certeza e vais conseguir anulá-lo. É preciso é não desanimares. Segue o teu coração. Sabes onde estou para quando precisares de uma luz. Tu és forte, és um lindo ser de luz. Sinto isso. Por isso força!

Se te apetecer passa no meu blog. Não é meu hábito, mas tenho lá um desafio que gostava que alinhasses. Não é nada do género de falar sobre si, escrever uma frase com 6 palavras, nomear blogs... Nada disso! É só mesmo a tua opinião. Se puderes, e quiseres, aceita.

Fica bem, ok?

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Angel of Light disse...

Querida, fui agora ao meu blog e não é que vejo uma mensagem tua? Perto da altura em que andei por aqui? Fantástico. Eu não digo que andamos em sintonia... nada acontece por acaso. És uma querida!

Um beijinho ENORME cheio de força, Amor, Paz e Luz!

Sophiamar disse...

Venho saudar o teu regresso Margusta. Não é fácil a tua situação. O desgaste que nos provoca é muito grande mas sei que tens capacidade de adaptação suficiente para dar à tua familiar tudo quanto ela necessita.

Beijinhos

Pedro Branco disse...

Bonito regresso.

Maria Clarinda disse...

No silêncio amei demais o teu regresso.Ler-te de novo foi uma alegria imensa. Quanto à tua vida neste momento ...só te quero dizer uma coisa...sabes que estou aqui!!!
Sabes que basta um clique, e imediatamente correrei.
Jinhos de Força...de Carinho e acredita estou contigo!

rosa dourada/ondina azul disse...

Querida Margusta,
Que bom, voltaste ao nosso convívio :)))

Sei que não é fácil viver de perto com essa doença, deves ter momentos muito difíceis para ultrapassar, mas irás conseguir, a tua força interior está a ser posta à prova, mas sei que vais vencer !
És forte e tens a tua família ao teu redor :)

Beijinho cheio de amizade e carinho por ti,

Menina do Rio disse...

Pois bendita sorte de nossas mãos, por terem os dedos aprisionados e poderem dar-lhes asas através da imaginação!

Bem vinda minha amiga!
Em tempo
Fica bem com um beijo de boa semana

Pitanga Doce disse...

Margusta que bom que voltaste, mas vejo que não és a mesma que visitava o Pitanga assim que ele começou. Estás sofrida e cansada e espero que a tua volta ás antigas amizades te dê um conforto e força para continuares a tua jornada. Enquanto falares conosco vais te distraindo e renovando as baterias. Desculpe a indiscrição, mas quem é Laura? Tua irmã?

beijos de Pitanga Doce, sempre

João JR disse...

Minha querida Margusta...a falta de tempo não me permitiu saber certas coisas..infelizmente não boas!
Muita força amiga, muita fé e mt amor sempre!
Lindo soneto este..
Recebe o meu abraço apertado

Angel of Light disse...

Querida irmã de luz!

Quando puderes, passa pelo meu último post e leva o que é TEU, se quiseres, claro! Obrigada mais uma vez lindo ser de luz pela tua participação e partilha.

Gosto muito de ti. Força, querida!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

Vanda disse...

Muita força para ultrapassar tudo isso. Beijocas.